34% dos brasileiros não querem a volta às aulas presenciais

Estudo conduzido pela Knewin analisou o sentimento das pessoas no Twitter
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Imagem: Pixabay
Imagem: Pixabay

Apesar da volta às aulas presenciais já ter sido anunciada em diversas partes do país, ainda há muita insegurança entre a população. Isso é o que mostra o monitoramento feito pela empresa Knewin no Twitter para entender o sentimento dos brasileiros sobre o assunto. Com 127.754 menções, o estudo apontou que 34,64% ainda não estão seguras e preferiam não voltar às aulas presenciais neste momento.

O levantamento foi realizado entre os dias 1 a 14 de setembro de 2020, com pico de menções no dia 9 de setembro de 2020. O principal termo dos tuítes contra a volta às aulas é falta de segurança, “Casos de COVID aumentando”, “não tem vacina” e “medo do transporte”. Em contrapartida, os termos a favor são “não aguento mais ficar em casa”, “praia pode, mas aula não” e “saudades das aulas presenciais”.

A empresa considerou o sentimento como majoritariamente negativo, pois 34,64% ainda não se consideram prontos para a volta, apenas 1,54% se mostrou a favor e 63,8% foram classificados como neutros, sem expressar sentimento a favor ou contra.

 

Artigos relacionados

Assine nossa newsletter


Siga-nos

Publicidade

Mais lidos