Vitamina D: importância para a saúde infantil

Contribuinte do crescimento saudável, a vitamina é essencial para a manutenção do sistema imunológico
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Imagem: Canva
Imagem: Canva
O sistema imunológico nunca foi tão zelado pela população quanto durante a pandemia. Afinal, a defesa natural do organismo é responsável por combater infecções virais e bacterianas. Com a volta às atividades presenciais, a preocupação com a saúde das crianças fica ainda maior. Elas ainda estão longe de ser vacinadas e nem sempre se comprometem com os protocolos de segurança. Por isso, garantir o equilíbrio imune nunca foi tão importante.

 

A vitamina D é parte essencial da manutenção imunológica desde a nutrição infantil. Sua principal fonte é a exposição adequada à luz solar. No entanto, a maior parte da população brasileira adulta sofre de insuficiência, mesmo em um país tropical. O motivo? Falta de exposição adequada ao sol e a privação.

 

“Vivemos um último ano complicado, que afetou muito a rotina das crianças e adultos. Com as atividades ao ar livre praticamente interrompidas pela maior parte do tempo, as pessoas, independentemente da idade, não tiveram uma exposição adequada à luz solar, o que certamente acarretou na diminuição de Vitamina D no organismo, em longo prazo a falta ou a deficiência dela podem até provocar doenças” explica a nutricionista Adrienne Fortunato, nutricionista da Equaliv.

 

A vitamina D é essencial para a saúde óssea e muscular, pois está ligada ao metabolismo do cálcio. Por isso, ela tem uma interferência direta no desenvolvimento da criança, que pode ser comprometido no caso de deficiência desse micronutriente no organismo. Em bebês, as consequências da insuficiência incluem até raquitismo, que é o amolecimento e enfraquecimento dos ossos. De modo geral, ela é necessária em qualquer idade, tendo em vista que as células de defesa possuem receptores para a Vitamina D. Sem ela, o sistema imunológico entra em colapso.

 

Adrienne comenta que, algumas vezes, a suplementação de Vitamina D pode ser necessária: “É muito importante entender se seu filho está com os nutrientes equilibrados. Para isso, é muito importante consultar um nutricionista infantil ou um pediatra, pois as doses devem ser individualizadas de acordo com a necessidade do paciente”, explica.

Artigos relacionados