5 dicas para não exagerar no Reveillon

Nutricionista alerta para a importância de manter o equilíbrio entre o exagero e a limitação na hora de comer
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik

Você sempre promete que não vai exagerar nas festas de final de ano. Mas é só passar o Natal que você já começa a se culpar, antecipadamente, pelo que vai comer e beber no Reveillon, não é mesmo? Ainda mais neste ano tão desafiador, em que a sensação é de que “merecemos” comer e beber para compensar tudo de ruim.

Para ajudar neste processo, o iMom pediu dicas para a Soraia Batista, nutricionista da Sodexo, que alerta para a importância de manter o equilíbrio entre o exagero e a limitação. “Se a pessoa tem o hábito de tentar sempre fazer dieta, no final de ano ela pode inconscientemente acabar descontando toda a vontade de comer de uma só vez, levando ao exagero e ao sentimento de culpa”, explica.

Veja algumas dicas para aproveitar o Ano Novo sem peso na consciência:
Mantenha uma rotina alimentar equilibrada

É importante continuar fazendo todas as refeições normalmente, fugir das dietas radicais e não tentar compensar pulando refeições. A nutricionista reforça que é muito importante ter uma alimentação equilibrada e um estilo de vida saudável ao longo do ano todo. “Assim, pode-se comer de tudo com consciência e não se sentir culpado nas festas de final de ano.”

Faça escolhas inteligentes na hora de montar seu prato

Para aproveitar as comemorações de forma saudável, escolha bem o que comer. Uma saída é experimentar cada coisa em pequenas quantidades e repetir apenas o que mais gostar. Se mesmo assim ficar com vontade de comer mais um pouco, uma opção é separar um pratinho para comer no dia seguinte.

Não se sinta pressionado a comer, mas não passe vontade

Aprenda a respeitar os seus limites e comer o suficiente para saciar a fome. O mesmo vale para quem fica com receio de ganhar peso: coma na quantidade que está acostumado. Se exagerar um pouco, lembre-se que uma refeição não vai impactar uma rotina equilibrada.

Pratique a solidariedade e compartilhe a fartura

Se sobrar muita comida, uma boa ideia é  separar marmitas para o zelador e outros funcionários do seu prédio e, até mesmo, para vizinhos mais chegados. Assim você evita o desperdício e ainda pratica a solidariedade.

Faça do cuidado com a saúde sua meta para 2021

Se você sente culpa alimentar ou outros sentimentos negativos em relação à comida, é hora de colocar a sua saúde como meta para 2021. As dicas para aproveitar a ceia podem ajudar, mas para quem sofre com compulsão ou falta de apetite é preciso buscar ajuda profissional, como a nutrição comportamental.

Artigos relacionados